Kelly Rowland na Flexx Club

No dia 05 de Março na Flexx Club teremos um show que podemos classificar no mínimo como histórico, a cantora Kelly Rowland fará uma apresentação exclusiva (primeira e única em São Paulo)

Não sabe quem é Kelly Rowland? Então descubra logo abaixo:

Kelly nasceu em Atlanta, Geórgia, filha de Doris Rowland Garrison e Christopher Lovett, que se casaram depois do seu nascimento. Quando tinha sete anos, sua mãe levou-a e deixou-a com seu pai, alcoólico.

Aos oito anos, ela mudou-se para Houston, Texas. Lá, ela conheceu a família Knowles e fez amizade com Beyoncé. Kelly foi colocada em um grupo de rap e dança, junto com suas amigas, Beyoncé Knowles e LaTavia Roberson. Originalmente chamado Girl’s Tyme. Arne Frager, produtor musical, voou para Houston, para vê-las. Ele os levou a seu estúdio- “A Fábrica Estúdios de Gravação”, no norte da Califórnia, com vocais de Beyoncé porque Arne achava que ela tinha a melhor personalidade e habilidade para cantar. Como parte dos esforços para assinar Gyil’s Tyme para uma grande gravadora, a estratégia dele foi a estréia no Star Search, o maior show de talentos na televisão nacional na época. Elas participaram, mas perderam porque a “canção não era boa”, como o próprio grupo admitiu mais tarde.

Para gerenciar o grupo, o pai de Beyoncé, Mathew Knowles renunciou em 1995 de seu trabalho como vendedor de equipamentos médicos. Ele dedicou seu tempo e criou um campo de treinamento “para a sua formação”. Neste momento Kelly foi morar com os Knowles. Não muito tempo depois, Mathew incluiu LeToya no trio, que passou a ser um quarteto. A mãe de Beyoncé, Tina Knowles que também ajudava nos “treinamentos” do grupo, mudou o nome para Destiny’s Child. Mais tarde, depois de uma série de problemas, o grupo seguiu como um trio sendo: Beyoncé, Kelly e Michelle.

Carreira a solo e Simply Deep

Ainda com  o grupo Destiny’s Child, Kelly se uniu com o rapper Nelly em 2002 para gravar a música “Dilemma” para seu álbum Nellyville. Lançado como o segundo single do álbum, a canção subiu para um dos singles de maior sucesso do ano, superando muitas outras de nível mundial, e fez Kelly firmar-se como artista solo, dando-lhe um Grammy para Melhor Rap / Colaboração e um Prémio na Billboard no ano seguinte.

Com a pausa no grupo para se dedicarem a carreira solo, Kelly começou a gravar seu primeiro álbum a solo, depois de 3 semanas em estúdio, Simply Deep ficou pronto e foi lançado em 2003. Com a produção de Mark J. Feist, Robert “Big Bert” Smith, Rich Harrison, e cantores como Brandy e Solange Knowles, o álbum teve o trabalho de Kelly solo mais em uma mistura de música alternativa, descrito por ela mesma como uma “Fusão estranha de um pouco de Sade e um pouco de rock”. Lançado em outubro de 2002 e internacionalmente em 2003, Simply Deep atingiu o número doze na Billboard 200 nos Estados Unidos, onde foi certificado Ouro pela RIAA por mais de 600 000 cópias vendidas. Lançado para o sucesso ainda maior em territórios internacionais, o álbum chegou ao topo das UK Albums Chart e tornou-se um vendedor de ouro na Irlanda, Hong Kong, Cingapura, Nova Zelândia, Austrália, Canadá e outros países, resultando em vendas mundiais total de 2,5 milhões de cópias.

O álbum rendeu três singles: “Stole“, um pop-rock influenciado sobre a perda, foi lançado como o primeiro single do álbum e se tornou um top internacional, chegando a número dois na Austrália e no Reino Unido. Nos Estados Unidos a canção não conseguiu fazer o mesmo sucesso de “Dilemma“, alcançando no topo apenas a posição trinta (#30). O segundo single foi “Cant Nobody”, com sucesso significativamente menor nos os E.U.A, mas que atingiu top vinte na Austrália e partes da Europa. “Train On a track” foi incluída na trilha sonora do filme de comédia romântica Maid in Manhattan (2003) mas falhou na tentativa de vender, exceto para o Reino Unido novamente, onde tornou-se seu quarto single a atingir o top 20.

2004-2005: Destiny Fulfilled e Separação

Em Junho de 2004 as Destiny’s Child se reuniu para gravar o quarto álbum de estúdio, Destiny Fulfilled, lançado em novembro de 2004. O álbum atingiu o número dois no Billboard 200 , e deu vários hits como: “Lose My Breath” e “Soldier” que atingiram o top 5 na Billboard Hot 100 tendo ambos com pico o #3. “Girl” e “Cater 2U” também viraram single, atingiram o top 30 na Billboard e vários top 10 pelo mundo. Para divulgação do álbum, as Destiny’s Child embarcaram em turnê, á Destiny Fulfilled… And Lovin ‘It Wolrd Tour, que começou em abril e correu até setembro.

Quando estavam em Barcelona, visitando a Espanha, o grupo anunciou sua dissolução após o fim da sua última etapa norte-americana. Em Outubro de 2005, o grupo lançou um álbum de compilação, intitulado # 1’s, incluindo todos os #1’s das Destiny’s Child – hits e mais uma de suas conhecidas canções. A coleção de melhores hits também inclui três novas faixas, incluindo o seu último singleStand Up for Love“. Destiny’s Child foi homenageado com uma estrela na Calçada da Fama em março de 2006. Elas também foram reconhecidas como o maior grupo feminino de todos os tempos, e maior grupo feminino em vendas.
Kelly não desistiu de seguir sua carreira, após a separação do grupo.Mesmo com o fracasso de sua musica tema de um filme romântico.
Ela não perdeu sua alto estima.Vencera todo o mundo e todos os que pensaram que ela nunca venceria.

2007-2008: Ms. Kelly

Segundo álbum solo de Kelly, Ms. Kelly, foi lançado em junho de 2007. Originalmente intitulado Minha história (My Story), a primeira versão do álbum foi realmente programado para uma liberação em Junho de 2006, mas a cantora e sua gestão a Columbia Records decidiu arquivar o álbum de última hora para voltar a trabalhar numa versão com uma batida diferente, a cantora considera a coleção final “demasiada e cheia de midtempos e baladas”. Kelly, eventualmente, consultou os produtores adicionais para colaborar no álbum, rebatizado Ms. Kelly, incluindo Billy Mann, Scott Storch, e Atlanta- baseado Polow Da Don, que contribuiu com o singleLike This“, uma colaboração com a rapper Eve, para o álbum. Um sucesso moderado ao redor do globo, a música alcançou o top ten no Canadá, Irlanda, Eslovénia e Reino Unido. Após sua libertação, Ms. Kelly estreou no número dois no Billboard E.U. Top R&B / Hip-Hop da Billboard, com moderado sucesso de vendas na primeira semana de 86.000 cópias. Fora dos Estados Unidos, o álbum não repetiu o sucesso do Simply Deep, quase atingindo o top 40 nos charts em que apareceu, com exceção do Reino Unido, onde estreou como número trinta e sete.

Em apoio continuado do álbum, Kelly lançou como single as músicas “Ghetto” e “Work“, uma nos E.U.A e outra na Europa. “Ghetto” que contava com participação especial do rapper Snoop Dogg teve desempenho inferior em relação a “Work” que se tornou um hit na maioria dos mercados Europeus, incluindo França, Itália e Reino Unido. Em 2008, uma versão reeditada do álbum, chamada Ms. Kelly Deluxe Edition, recebeu um lançamento, o seu primeiro e único single foi o inédito “Daylight“, uma colaboração com Gym Class Heroes, que alcançou o top vinte da UK Singles Chart. Em abril de 2008, Ms. Kelly conseguiu vender pouco mais de 1,2 milhão de cópias em todo o mundo. Também em 2008, Rowland gravou um single com a cantora francesa Nadiya, uma faixa pop uptempo urbana, intitulada “No Future in the Past”, o vídeo foi filmado em Miami, Flórida, durante julho de 2008.

2010-presente: Kelly Rowland

Atualmente Kelly trabalha no seu terceiro álbum de estúdio Kelly Rowland. Já lançou 4 singles do disco, tendo um bom desempenho nas paradas, lançou também três vídeos, “Commander”, “Forever And a Day“, e “Rose Colored Glasses“, de suas novas músicas. No ano passado, Kelly gravou “When Love Takes Over” o primeiro single do novo álbum do DJ David Guetta, One Love. A canção foi lançada em abril de 2009 e virou sucesso internacional, chegando a número um em vários países. Em 8 de junho, Kelly anunciou Jeff Rabham como seu novo empresário. Rabham já trabalhou para cantores como Kelis e Michelle Branch. Desde novembro de 2009, Kelly Rowland vem fazendo parcerias em algumas músicas como “Thinking About You” com o cantor Mario, “Commander” com o DJ David Guetta , e “Breathe Gentle” com o cantor Tiziano Ferro.

05 de Março de 2011 – Flexx Club São Paulo

Além do show da Kelly, teremos também um line up matador do dia 05 de março, a Flexx Club vai tremer com DJ Shine, DJ Rodolfo Bravat, DJ Douglas Penido e DJ Robson Mouse.

Por ser uma atração internacional de peso, os ingressos já estão a venda nos caixas da FlexxClub ou pelo site http://www.blueticket.com.br/

Os valores do primeiro lote são R$ 45 pista e R$ 80 camarote.

Flexx Club – Endereço Av. Marques de São Vicente, 1767 – Barra Funda
São Paulo/SP Telefone (11) 3612-4402

www.flexclub.com.br

@guiflexx

Sobre Guiflexx

Twitter.com/guiflexx
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s